Introdução á negociação

à atenção do Rui Ramos:

Numa negociação, aquele que está disposto a levantar-se da mesa sem acordo é o que tem o maior poder negocial.

Os nossos amigos britânicos, assim que entregaram a carta a pedir a saída iniciaram a contagem decrescente que termina daqui a dois na sua saída efectiva da UE, haja ou não acordo entre as partes. Não estão portanto em posição de sair da mesa enquanto não existir acordo. Ou em bom português, o Reino Unido pôs-se a jeito para levar uns calduços.

Era bom que fosse diferente, e o Reino Unido não fosse maltratado ? Era, mas foi o Reino Unido que quis sair, ninguém os forçou. E foi o mesmo país que entregou o pedido de saída menos de um ano após o referendo. Ou conseguiram planear uma estratégia de negociação em tempo recorde, ou são azelhas.  O tempo, como sempre, o dirá.

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *